top of page

Divórcio Energético: o caminho para manifestar um novo amor


Laços energéticos são verdadeiras barreiras invisíveis para manifestarmos novas situações e padrões em nossas vidas. Embora imperceptíveis aos nossos olhos, emaranhados de relacionamentos passados podem atrapalhar mais do que você imagina. Descubra como se libertar destas amarras e manifestar um novo amor alinhado a sua nova vibração.



Sumário

Como relacionamentos passados podem bloquear a chegada de um novo amor

Como curar questões emocionais de relacionamentos passados

Como manifestar um novo amor (alma gêmea)



Como relacionamentos passados podem bloquear a chegada de um novo amor

Os laços de antigos relacionamentos podem prejudicar a atração de um novo amor de várias maneiras. Seja pela bagagem emocional (nem sempre feliz) ou pelo medo de ser machucado novamente, os laços energéticos existentes - que alimentamos e nem mesmo percebemos - são uma armadilha para quem quer viver um novo amor. Veja a seguir as principais causas que podem esta bloqueando o caminho para um novo amor de chegar na sua vida:

  • Bagagem emocional: Todos carregamos bagagem emocional de todas as relações que tivemos, temos ou teremos durante a vida. Todas as relações que construímos ao longo da jornada, sejam elas amorosas ou não, deixam em nós uma semente, que passa a germinar com o tempo e, se tornam verdadeiras florestas dentro de nós, com suas flores, frutos e galhos emaranhados. Se não superarmos completamente nossos antigos relacionamentos, podemos carregar emoções negativas como mágoa, raiva, tristeza ou medo para o novo relacionamento. Isso pode interferir na forma como nos relacionamos com a nova pessoa e prejudicar a construção de uma conexão saudável.

  • Comparação constante: Se estivermos presos aos nossos relacionamentos anteriores, poderemos comparar constantemente nosso novo parceiro com o antigo, o que pode criar expectativas irreais e prejudicar a intimidade emocional. Nem sempre a comparação é positiva, principalmente quando estamos presas a padrões de relacionamentos tóxicos, que com o tempo se expressam em relações desequilibradas.

  • Medo de ser machucado novamente: Um dos grandes perigos ao sermos machucados é carregarmos um medo tremendo de ser machucado novamente. Se fomos magoados em relacionamentos passados, podemos ter medo de abrir o coração novamente e nos submeter ao risco de sermos machucados. Esse medo pode nos impedir de nos entregarmos completamente a um novo relacionamento e afastar pessoas que podem ser uma oportunidade incrível de se relacionar novamente.

  • Falta de confiança: Se fomos traídos ou enganados em relacionamentos anteriores, pode ser difícil confiar completamente em um novo parceiro. A falta de confiança pode ser percebida pelo novo pretendente e influenciar negativamente a dinâmica do relacionamento.

Esses são apenas alguns dos obstáculos que podem estar impedindo você de viver um novo amor de forma equilibrada e, acabam alimentado "laços energéticos" que mantem o mesmo padrão em novos relacionamentos, ou ainda, fazem você sentir "falta" do ex quando está vivendo algo novo.

É aquela verdadeira sensação de estar andando em "círculos", mas que na verdade, são ciclos que se repetem com o intuito de nos ensinar algo.

Para superar esses obstáculos, é importante trabalhar ativamente na cura emocional e na construção de um novo capítulo sem as influências negativas do passado. Isso pode incluir terapia, auto reflexão, práticas de auto cuidado e comunicação aberta com o novo parceiro sobre as dificuldades que estamos enfrentando. Ao reconhecer e lidar com os laços de antigos relacionamentos, podemos abrir espaço para novas possibilidades de amor e relacionamentos saudáveis.



Como curar questões emocionais de relacionamentos passados

Superar bloqueios emocionais de ex relacionamentos pode ser um processo desafiador, mas essencial para seguir em frente e estar aberto para um novo amor.

Esta é uma questão nem sempre fácil de encarar. Muitas vezes preferimos adiar a lidar de frente com aquilo que nos impede de seguir adiante.

Embora nem sempre fácil, o processo para curar feridas emocionais e principalmente, superar relacionamentos passados, exige uma decisão: dar o primeiro passo.

Normalmente o primeiro passo parte de uma auto reflexão, e as questões podem ser parecidas com:

  • por que volta e meia me pego voltando ao relacionamento com fulano?

  • as lembranças que vivi com fulano me fazem comparar frequentemente o que estou vivendo com meu atual relacionamento...

  • queria viver algo parecido novamente...

  • tenho receio de que meu próximo relacionamento seja parecido com o que tive com o fulano

Se estas questões tem rondado seu pensamento, talvez seja o momento de dar o primeiro passo nesta jornada de auto cura. Reserve um momento só seu, para refletir sobre sua experiência no relacionamento passado. Identifique quais foram os pontos positivos e negativos, o que aprendeu com a experiência e como isso impactou você emocionalmente.

Em relacionamentos com alguma questão pendente, seja a falta de uma conversa esclarecedora sobre o final ou a quebra de confiança, o melhor caminho é perdoar e seguir em frente. O perdão, tanto a si mesmo quanto ao ex-parceiro, é fundamental para liberar o peso emocional do passado. Isso não significa esquecer o que aconteceu, mas sim aceitar e seguir em frente sem carregar ressentimentos.

Pode parecer clichê, mas aproveite o momento para voltar a se conectar consigo mesma. Dedique tempo para conhecer seus próprios desejos, objetivos e sonhos, e foque na construção de uma relação saudável consigo mesmo.

Aproveite este momento para definir seus limites e padrões. Após um relacionamento difícil, é crucial definir seus limites e padrões para o próximo relacionamento. Conheça suas necessidades emocionais para comunicá-las claramente em futuros relacionamentos.

Lembre-se, a sua caminhada não precisa ser solitária.

Buscar a ajuda de um terapeuta pode ser extremamente benéfico para trabalhar os bloqueios emocionais e encontrar estratégias para superar questões não resolvidas do passado.

Embora o processo de cura emocional sempre aconteça de dentro para fora, nem sempre contamos com as ferramentas adequadas ou estamos no melhor momento para enfrentar a situação sozinha.

Lembre-se de que superar bloqueios emocionais não significa esquecer o passado, mas sim aprender a lidar com as emoções que ele evoca de maneira saudável, para que possa seguir em frente de forma mais equilibrada e aberta para um novo amor.

Curar os laços energéticos que a conectam com um relacionamento passado é o caminho para enfim, manifestar uma relação que você realmente deseje.

Como manifestar um novo amor (alma gêmea)

Atrair um novo amor - com a vibração e expectativas alinhadas a sua - envolve a eliminação de bloqueios emocionais e energéticos que possam estar impedindo a conexão com a pessoa ideal.

Se os laços energéticos foram limpos e harmonizados com o divórcio energético, o caminho se torna mais fácil para atrair alguém que vibre na sua sintonia (e não na do relacionamento anterior).

Além da limpeza energética feita na sessão de divórcio energético, é importante entender e trabalhar as crenças limitantes que possam estar repetindo ciclos e mais ciclos de relacionamentos iguais ou causando certa "fixação" em parceiros que não lhe fazem bem.

Identificar e trabalhar crenças limitantes, tanto conscientes como inconscientes, e substituir essas crenças por outras mais positivas e alinhadas com o desejo de manifestar a alma gêmea.

Uma vez ouvi algo bonito que dizia: "Passamos a vida buscando a nossa alma gêmea, quando deveríamos nos preparar para o seu encontro".

Por meio do trabalho de crenças limitantes e visualização criativa, é possível criar o campo energético necessário para atrair e manifestar a alma gêmea. Ao criar mentalmente a imagem e a sensação de como seria estar em um relacionamento saudável, criamos uma possibilidade nova - isso pode ajudar a atrair a energia certa para atraí-la.

O processo terapêutico nos ajuda a trabalhar em si mesmo para se tornar a pessoa certa para a alma gêmea. Isso inclui a cura de feridas emocionais, o fortalecimento da autoestima e o cultivo de amor-próprio.


Em resumo, se de alguma forma você sente um relacionamento passado impedindo que siga adiante ou se vê repetindo ciclos em suas relações amorosas, talvez seja o momento de procurar ajuda especializada.


A minha prática terapêutica, ancorada na terapia transpessoal, conta com técnicas e ferramentas práticas que vão te ajudar a harmonizar situações passadas e abrir espaço para manifestar um novo amor como o divórcio energético e harmonização e limpeza de crenças limitantes.


Sobre mim

Letícia Lima Terapia Holística
Letícia Lima Terapia Holística

Eu sou Letícia Lima, terapeuta transpessoal e uma eterna aprendiz.

Atuo de forma holística, aliando técnicas e ferramentas energéticas no processo de cura emocional e despertar espiritual. A cura emocional é o primeiro passo para uma maior conexão espiritual.

Sou apaixonada pela vida em todas as suas formas e faço do despertar um propósito de vida.


留言


bottom of page